Júri

O Prémio António Loja Neves será atribuído por um Júri será constituído por um painel de individualidades, tanto nacionais como estrangeiras, de reconhecido mérito pela sua contribuição para o desenvolvimento do Cinema, Cultura ou da sociedade em geral. Na edição de 2019 o Júri é constituído por:

 

 Isabel Santos

Isabel Santos

Isabel Santos, jornalista de formação, tem ao longo da sua carreira percorrido um trabalho íntimo com vários festivais de cinema nacionais, como Figueira da Foz, Avanca, Animaio ou Caminhos do Cinema Português, ajudando a consolidar o trabalho destas estruturas, em especial na produção e na comunicação. Trabalhou na edição edição portuguesa da revista Maxmen. É actualmente assistente administrativa na GMC.

Luis Filipe Rocha 

Luís Filipe Rocha

Luís Filipe Rocha (nascido em 16 de novembro de 1947) é um cineasta, argumentista e ator português. Dirigiu dez filmes desde 1976. Seu filme Cerromaior foi exibido na secção Un Certain Regard no Festival de Cannes de 1981.

Paulo Trancoso 

Paulo Trancoso

Paulo Trancoso é um produtor e realizador português. Em 1978 a produtora Costa do Castelo Filmes. Em meados dos anos 80, com o advento do «home vídeo», é um dos sócios da Publivideo e uma das pessoas que está na raiz do projecto de televisão privada que mais tarde daria origem à SIC.
Para além da produção de filmes portugueses Paulo Trancoso (sempre na Costa do Castelo) é responsável pela produção executiva de alguns filmes estrangeiro rodados em Portugal, como The House of the Spirits, de Billie August (1993), La Reine Margot, de Patrice Chéreau (1994) ou Dans la Cour de Grands, de Florence Strauss (1995) ou Night Train to Lisbon (2013).