Início

Empréstimo de Espólio de Henrique Espírito Santo

Imagem indisponível.
Mesmo a fechar o nosso mandato, não poderíamos deixar de dar uma boa notícia a todos os cineclubes e cinéfilos. Foi assinado no passado dia 16 de Junho de 2020 um Acordo de Empréstimo entre a FPCC e Octávio Espírito Santo relativo a parte do espólio de Henrique Espírito Santo relacionado com cineclubes e cineclubismo. Nesse espólio está incluída a exposição exibida no último ENCC, na Curia, “CINEMA PORTUGUÊS ANOS 70 – DA RESISTÊNCIA À LIBERDADE” e material utilizado por Henrique Espírito Santo para a organizar. Depois de digitalizado, o acordo, assim como a lista de elementos que constituem o espólio (anexo ao acordo), será disponibilizado no site da FPCC. Qualquer cineclube que deseje organizar a exposição, envie e-mail para a FPCC. A exposição referida estará patente durante os dias do Festival de Avanca.
FPCC - Federação Portuguesa de Cineclubes
3 Julho 2020

Mesa Redonda On-Line - CINEMATECA BRASILEIRA , à beira do abismo

Imagem indisponível.
No dia 24 de junho pelas 20h (dia 25/6 às 2h, horário português) realizar-se-á uma mesa redonda virtual, tendo como tema a situação actual da Cinemateca Brasileira. Estará presente o nosso colega João Paulo Macedo, Presidente da FICC. Poderá assistir através da plataforma zoom seguindo o link: https://us02web.zoom.us/j/86505789315?pwd=RGlHUnh3WWRvZkNiNGlMeUZ5WUtZQT09 .
FPCC - Federação Portuguesa de Cineclubes
22 Junho 2020

MEMORANDO DOS DIAS CORRENTES - A propósito de Racismo e de Xenofobia

Imagem indisponível.
MEMORANDO DOS DIAS CORRENTES A expectável escalada de situações calamitosas no âmbito da pandemia tem sido agravada por decisões de políticos e merecem a atenção do Comité Executivo da FICC – Federação Internacional de Cineclubes. Como membros das nossas sociedades não podemos ignorar os resultados de políticas catastróficas ou de actos individuais com repercussão global de retrocesso civilizacional. Preocupados com a expansão de más práticas governativas e conscientes da tendência oportunista para acções não democráticas, em alguns países, a propósito da pandemia. O Comité Executivo da FICC expressa a sua total solidariedade aos seus membros que atravessam episódios particularmente difíceis nos seus países ou regiões. Sublinhando a importância da saúde pessoal e de grupo, a urgência da Paz, a necessidade básica de segurança individual e colectiva e o valor essencial da inclusão social, com que alguns dos nossos associados se estão a confrontar. 1. O Comité Executivo exige o cumprimento absoluto da Declaração Universal dos Direitos Humanos e da Convenção Mundial da Diversidade Cultural. O livre acesso à Cultura e Educação e o pleno acesso à Segurança e à Saúde são particularmente urgentes nestes tempos. 2. O Comité Executivo manifesta indignação com medidas infligidas em alguns países na Ásia e Médio Oriente bem como com o ataque aos processos democráticos em alguns países da Europa e das Américas. O silêncio em algumas situações é cúmplice, noutras é ultrajante e covarde. 3. Os Cineclubes são agentes activos e imprescindíveis no sector cultural dos seus países, organizando e defendendo os Direitos do Público, e não se demitem dos factos das sociedades envolventes. Não podemos tolerar o desrespeito pelo património cultural / património fílmico nem as ameaças contra os cidadãos (nas suas vidas profissionais, nos seus direitos cívicos e liberdade individual). 4. Cineclubistas em todo o mundo têm-se manifestado e protestado contra uma série de intolerâncias, incluindo o assassinato de George Floyd em Minneapolis, mas não só. Este exemplo (muito mediatizado) é o sinal de inúmeras ocorrências de abuso policial sistemático que não foram objecto da mesma atenção nos Estados Unidos ou em diferentes países do mundo. 5. Considerando a normal aplicação da Lei, rejeitamos toda e qualquer forma de violência e repressão contra um ser humano em particular ou contra populações ou contra comunidades inteiras. Recusamos especialmente a discriminação racial ou qualquer perseguição religiosa, étnica, preconceito sexual, etário, de género ou opinião política. Atendendo ao disposto, o Comité Executivo da FICC . Apela à tomada de posição por parte das Federações associadas para que, no exercício das suas actividades, consigam defender e apoiar os mais vulneráveis e contribuir para a consciencialização destas situações. . Apela à cooperação das Federações e dos Cineclubes com outras organizações da sociedade civil na troca de experiências e coordenação de boas práticas. . Compromete-se a trabalhar com as autoridades, organizações não-governamentais assim como outras organizações nacionais ou internacionais na defesa e promoção dos direitos intelectuais e culturais dos povos. 2020-06-12 Somos o Público! O Comité Executivo da FICC – Federação Internacional de Cineclubes
FPCC - Federação Portuguesa de Cineclubes
22 Junho 2020

Aniversário do Cineclube de Amarante

Imagem indisponível.
O Cineclube de Amarante completa 25 anos. Foi no dia 9 de junho de 1995 que se realizou a primeira sessão. Parabéns.
FPCC - Federação Portuguesa de Cineclubes
16 Junho 2020